Contractura de Dupuytren (Dupuytren’s Contracture)

DESCRIPTION

A contratura de Dupuytren é um espessamento anormal do tecido logo abaixo da pele. Este espessamento ocorre na palma da mão e pode se estender aos dedos. Nódulos, calos e cordões podem se desenvolver e fazer com que os dedos se dobrem na palma (Figuras 1 e 2). Esta contratura também é conhecida como doença de Dupuytren. Eventualmente, a doença leva ao bloqueio das articulações. Os cordões podem surgir também na planta dos pés (fibromatose plantar).

Causas

A causa da contratura de Dupuytren é desconhecida. O problema é mais comum em homens, pessoas com mais de 40 anos e pessoas de ascendência do norte da europa. Não há provas comprovadas de que lesões nas mãos ou trabalhos específicos levem a um maior risco de desenvolver a contratura de Dupuytren.

Sinais e sintomas

Os sintomas da contratura de Dupuytren incluem nódulos e sulcos na palma da mão. Os caroços são firmes e presos à pele. As grossas cordas podem se desenvolver da palma para um ou mais dedos. O anelar e o dedo mínimo são mais comumente envolvidos. Essas cordas podem causar a flexão dos dedos. Em muitos casos, ambas as mãos são afetadas, mas cada mão pode ser afetada de forma diferente.

Os calos podem ser desconfortáveis para algumas pessoas, mas a contratura de Dupuytren geralmente não é dolorosa. Inicialmente a doença pode ser notada por causa da dificuldade em colocar a mão espalmada sobre uma superfície plana (Figura 3). À medida que os dedos são retraídos na palma da mão, pode ser mais difícil lavar as mãos, usar luvas, cumprimentar e colocar as mãos nos bolsos. É difícil prever como a doença irá progredir. Algumas pessoas têm apenas pequenos nódulos ou cordões, enquanto outros desenvolvem dedos severamente fletidos. A doença tende a ser mais grave se ocorrer nos mais jovens.

Tratamento

Em casos leves, especialmente se a função da mão é boa, apenas a observação é necessária. Um nódulo na palma da mão não significa que o tratamento é imprescindível ou que a doença irá progredir. Nos casos mais graves, várias opções de tratamento estão disponíveis para corrigir os dedos. Essas opções podem incluir medicamentos injetáveis ou cirurgia.

O cirurgião da mão irá discutir o método mais adequado com base no estágio, padrão da doença e nas articulações envolvidas. O objetivo do tratamento é melhorar o movimento e a função dos dedos; no entanto, a correção completa dos dedos pode não acontecer. Mesmo com o tratamento, a doença pode voltar. Antes do tratamento, o cirurgião irá discutir metas realistas e os possíveis riscos.

Algumas vezes as órteses e a terapia de mão são necessárias após a cirurgia, a fim de manter a melhora da função do dedo.

 

Encontre um cirurgião de mão perto de você

 

© 2018 American Society for Surgery of the Hand

Traduzido por Dr. Gabriel de Araújo

Videos

Figures

PDF

Related Conditions